quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Estados Unidos: Universitário gay se mata após ter transas exibidas na internet

jovem gay suicidioO universitário norte-americano Tyler Clementi (foto), 18, cometeu suicídio dois dias após ser flagrado por dois colegas de quarto fazendo sexo com outro homem. Os outros estudantes gravaram a cena e a transmitiram pela internet.

Clementi pulou de uma ponte em New Brunswick, no estado de Nova Jersey. Segundo a polícia, pesqueiros encontram o corpo do rapaz boiando no rio, usando apenas um relógio, sem qualquer documento que o identificasse. A carteira com o RG do estudante foi localizada mais tarde, em um canto da ponte, no último dia 22 de setembro.

Clementi avisou que cometeria suicídio em uma mensagem deixada em sua página no Facebook. A notícia da morte do rapaz veio apenas dois dias após a universidade onde ele estudava lançar um programa contra o bullying e o abuso da nova tecnologia. "Tyler era um bom menino, e um músico incomparável", disse o advogado da família.

Os colegas de quarto do estudante, Dharun Ravi e Molly W. Wei, ambos de 18 anos, estão sendo processados por invasão de privacidade. De acordo com o departamento de polícia local, eles secretamente colocaram a câmera no quarto de Clementi para que pudessem gravá-lo mantendo relações sexuais no último dia 19 de setembro.

Se condenados, os estudantes podem pegar de 3 a 5 anos de prisão. A Rutgers University, onde Tyler Clementi estudava, não quis comentar o caso.

fonte: A Capa

Alagoas: Justiça confirma condenação de assassinos de vereador gay

A Câmara Criminal de Alagoas realizou na manhã de hoje (30), a audiência de apelação dos condenados pelo assassinato do vereador Renildo José dos Santos, ocorrido em 1993, em Coqueiro Seco.

Por unanimidade, foi mantida a sentença do Tribunal do Júri que condenou os réus em 2006, 13 anos após o crime, devido aos vários recursos impetrados pela defesa para adiar o julgamento.

Na ocasião, foram considerados culpados pelo crime o fazendeiro José Renato Oliveira Silva e os militares Luiz Marcelo Falcão, Antônio Virgílio dos Santos Araújo, Walter da Silva e o ex-militar Paulo Jorge de Lima.

Na madrugada de 10 de março de 1993 o então vereador da cidade foi brutalmente arrancado de casa, torturado e esquartejado. Tendo as partes de seu corpo desovadas em vários pontos diferentes. Tudo, segundo os autos, por se assumir homossexual.

fonte: Cena G

Portugal: Filme sobre travesti vai representar o país no Oscar 2011

Morrer com um homemO filme de João Pedro Rodrigues, "Morrer Como um Homem", foi escolhido como o candidato português à nomeação para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, na próxima edição dos prêmios da Academiade Hollywood.

O filme retrata a vida da personagem Tonia, um travesti veterano dos espetáculos de "drag queen" de Lisboa, que vê as suas convicções pessoais serem questionadas num relacionamento amoroso.

fonte: Cena G

Ator de '90210' quer que seu personagem vire gay

Michael Steger disse adorar desafios deste tipo

Michael StegerDesde que começaram os rumores de que um personagem da série 90210 se descobriria gay, Michael Steger, que interpreta Navid, disse que gostaria que fosse ele. As informações são do Perez Hilton.

Algumas fontes disseram que Steger achava que mudança combinava bem com seu personagem e que seria possível fazer algo bem espontâneo.

Mas, para a tristeza do rapaz, quem interpretará o gay da série será Trevor Donovan.

fonte: Terra

O casamento gay e a omissão dos presidenciáveis

por Bruno Bimbi

Embora a Argentina, vizinha ao lado , e Portugal, que faz parte da família , tenham aprovado neste ano o casamento igualitário, a discussão sobre os direitos civis dos homossexuais não foi seriamente considerada pelos candidatos à presidência do Brasil. Os três concorrentes que pontuam nas pesquisas fizeram todo o possível para fugir das perguntas sobre o assunto.

E não é que eles sejam tão conservadores ou acreditem mesmo na discriminação, que nem o Levi Fidelix (PRTB) - afinal, tanto José Serra (PSDB) quanto Dilma Roussef (PT) pertencem, pela sua trajetória de vida e formação política, à turma dos que sentiriam vergonha de dizer aos amigos que têm preconceito de gay. Marina Silva (PV), embora evangélica, é uma mulher negra, de esquerda, que nasceu pobre e foi analfabeta até a adolescência, o que tornaria absurdo que ela defendesse qualquer tipo de discriminação. E, acima de tudo, ela representa o Partido Verde.

Mas mesmo assim, os candidatos se omitiram. Quando perguntados sobre o casamento gay, responderam sobre a união civil. E se alguém replicasse, contestavam em uníssono que o casamento diz respeito à religião, embora todos eles saibam - e se não souberem, deveriam - o que a Constituição Brasileira estabelece: "O casamento é civil" (226 § 1) . O casamento religioso pode ter efeito civil, mas não é a mesma coisa.

Portanto, quando se fala em direitos civis - que é o único que está em discussão, já que ninguém está reivindicando o direito a se casar na igreja - a única forma de garantir a igualdade aos casais do mesmo sexo é acabando com a exclusão no acesso ao casamento civil. A resposta ficaria mais óbvia se falássemos dos negros, que também sofrem o preconceito, como os gays. Algum político democrático defenderia que o casamento de negros fosse chamado pela lei com outro nome, como "união estável de negros"? Imaginem um candidato à presidência da República explicando para a população negra desse país que a união civil é a mesma coisa, e vai garantir herança e plano de saúde. Pedindo ainda que deixem a palavrinha que os difere pra lá.

O que Dilma, Serra e Marina precisam que alguém lhes explique que não existe a "quase igualdade": ou somos iguais, ou não somos. E nós, lésbicas e gays, queremos ser. Em todos os países onde a discussão do casamento igualitário chegou ao parlamento, a direita e os extremistas religiosos defenderam a alternativa da "união civil" - que eles nunca tinham proposto quando o casamento não estava sendo discutido.

Antigamente, eles defendiam a fogueira, depois passaram a aceitar que nós continuássemos vivos, mas nos chamavam de doentes e desviados e não aceitavam que a lei nos reconheça direito algum. Acontece que agora, isso é politicamente incorreto. A última carta que eles têm, e dessa não abrem mão, é impedir a igualdade simbólica. Eles não são tolos e entendem o valor dos símbolos. Se permitirem o casamento gay, o preconceito contra nós passará a ter data de vencimento neste século, porque as crianças se educarão sabendo a lei reconhece até o direito de casamento entre pessoas do mesmo sexo. Seremos iguais perante a legislação e não haverá nenhuma norma juridicamente aceita que legitime o tratamento preconceituoso contra nós na vida social.

O que me surpreende é que a proposta de estabelecer direitos diferentes, com nomes diferentes, para homo e heterossexuais - que na Europa e até mesmo na Argentina é patrimônio da direita - seja partilhada no Brasil até por alguns políticos que se dizem de esquerda. Talvez a declaração que o primeiro ministro português José Sócrates deu aos oposicionistas na Assembleia da República possa ajudar: "O que acontece é que essa proposta, a "união civil",

mantém a discriminação, e uma discriminação tanto mais ofensiva quanto, sendo quase inútil nos seus efeitos práticos, que é absolutamente violenta na exclusão simbólica, porque atinge pessoas na sua dignidade, na sua identidade e na sua liberdade. Senhores deputados, em matéria de dignidade, de identidade e de liberdade, pela minha parte, não aceito ficar a meio caminho".

O caminho da "união civil" é o caminho da segregação, como os restaurantes para negros e os restaurantes para brancos. Mesmo se os restaurantes para negros fossem igualmente bonitos e tivessem um ótimo cozinheiro, alguém duvida de que seria uma ofensa? Não só uma ofensa aos negros, mas à democracia.

*Bruno Bimbi é um jornalista argentino, ativista da FALGBT e aluno do curso de mestrado em Letras em uma universidade brasileira.

fonte: O Globo

Rick Martin fala sobre sua homossexualidade com Oprah Winfrey

ricky martin Billboard Latin Music AwardsO cantor porto-riquenho Ricky Martin vai falar sobre sua homossexualidade durante uma participação no programa de Oprah Winfrey.

Essa será a primeira vez que Rick falará sobre o assunto depois de assumir a homossexualidade.

No programa, que ainda não tem dada para ir ao ar, o ex-menudo também vai falar sobre os seus filhos gêmeos.

fonte: Cena G

Mato Grosso do Sul: Religiosos fazem ato para barrar avanço eleitoral de comunidade LGBT

Logo depois da realização da parada do orgulho LGBT de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, a Aliança Evangélica Brasileira resolveu também fazer um ato no centro da cidade.

Dois dias depois da festa do arco-íris, os religiosos fizeram uma manifestação para, segundo eles, “defender valores cristãos”.

Além de discursos de líderes religiosos, foram exibidos vídeos sobre a mobilização que LGBTs têm feito para que sejam eleitos apenas candidatos que respeitem os direitos arco-íris.

fonte: Cena G

México: Travesti diz que fez sexo no banheiro com jogador da seleção

Yamille Herrera diz que Salcido não sabia que ‘ela’ era ‘ele’

Travesti YamilleEm entrevista a uma emissora de TV mexicana, o travesti Yamille Herrera, de 24 anos, afirmou que teve relações sexuais com o o lateral Carlos Salcido, do Fulham e da seleção do México. O encontro aconteceu no banheiro do hotel após um amistoso da equipe nacional no último mês de agosto.

O detalhe é que, segundo Yamille, Salcido não achava que estava saindo com um travesti.

- Ele ficou chocado e me perguntou porque eu não o avisei - disse Gema, nome de “guerra” de Yamille, salientando que, apesar da surpresa, Salcido completou o ato sexual.

Carlos SalcidoSalcido, que foi multado em cerca de R$ 8 mil por uma festa realizada com companheiros de seleção mexicana, negou a versão de Gema.

- Essa situação está nas mãos do meu advogado. Vamos ver o que vai acontecer.

fonte: globoesporte.com

Lady Gaga e Cher podem fazer dueto, diz jornal

Segundo 'The National Enquirer', música pode estar no novo álbum de Gaga.

lady gaga e cherAs extravagantes cantoras Lady Gaga e Cher podem fazer um dueto, segundo nota publicada no site do tabloide "The National Enquirer" nesta quarta-feira, 29. De acordo com fontes do jornal, as cantoras se tornaram amigas durante o VMA e estão conversando sobre uma possível gravação juntas.
 
Segundo o escritor Mark Bego, autor de dois livros sobre Cher, as duas estão muito próximas: "Elas estão como mãe e filha. Ambas levam seu estilo muito a sério, têm senso de humor e estão ligadas a causas do público gay". Se confirmado o dueto, a música pode estar no novo álbum de Gaga, "Born This Way".

fonte: EGO

Estados Unidos: Juiz determina readmissão de militar lésbica à Força Aérea

Margaret Witt ganha decisão na Justiça para voltar à Força Aérea dos Estados Unidos

Tenente Margaret WittO juiz federal Ronald Leighton determinou que a Força Aérea dos Estados Unidos reincorporasse a tenente Margaret Witt, afastada por ser lésbica.

De acordo com a decisão, ela tem o direito “constitucional” de voltar para a Força, da qual teve que sair em 2007.

"Não foram apresentadas evidências críveis que indiquem que a volta de Margaret Witt à Força Aérea teria um impacto negativo sobre a moral, a ordem, a disciplina ou a coesão da unidade", disse o juiz.

Devido a política “Don’t ask, Don’t Tell” (Não pergunte, não conte) das Forças Armadas para os homossexuais, Margaret Witt foi suspensa em 2004 e teve sua baixa três anos depois.

fonte: Dykerama

Wanessa Camargo se manifesta a favor do casamento gay

'O amor não tem raça, cor ou sexo, o amor simplesmente te arrebata', disse à 'Folha'

Wanessa CamargoWanessa Camargo, que se prepara para fazer um show em uma boate gay em São Paulo no fim de semana, decidiu se manifestar publicamente a favor do casamento gay.
 
"Acredito que em breve a lei sobre a união civil entre iguais seja aprovada em nosso país. Será um exemplo de cidadania. O amor não tem raça, cor ou sexo, o amor simplesmente te arrebata", disse a cantora à coluna de Mônica Bergamo, na "Folha de São Paulo".

fonte: EGO

Ator francês Louis Garrel vai viver transexual no cinema

Louis GarrelLouis Garrel é hoje um dos atores mais cobiçados do planeta. O astro francês é desejado por todos os sexos, tornando-se um símbolo sexual à altura do colega mexicano Gael Garcia Bernal.

E assim como Gael, que já fez personagens gays e travestidos, Louis embarca pelas mesmas águas, talvez buscando provar que não é apenas um rostinho bonito com ar cínico e blasé, bem ao gosto dos franceses.

Ele já interpretou um rapaz bissexual - no maravilhoso "Canções de Amor", de 2007 -, e agora prepara-se para encarnar uma transexual. O filme chama-se "Lawrence Anyways" e será dirigido por Xavier Dolan, o diretor canadense de 21 anos que está dominando o mundo precocemente - graças ao seu filme "Eu Matei Minha Mãe", que levou três prêmios no Festival de Cannes de 2009 e estreia no Brasil nesta sexta-feira, 1º de outubro.

Na trama, Garrel vive um homem que deseja mudar de sexo, pois acredita ter nascido no corpo errado. Mas, detalhe: ele pede que sua noiva faça o mesmo.

"Louis não tem exatamente o físico para o papel. Isso é que será tocante em sua transformação. Não é um filme sobre a transexualidade, mas uma história de amor impossível", declarou Dolan à revista "Serafina" do jornal "Folha de São Paulo".

fonte: A Capa

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Itália cria serviço telefônico gratuito de apoio a LGBT

Prefeitura de Roma cria serviço telefônico de graça para ouvir a população LGBT

Gay HelpLineA Prefeitura de Roma idealizou uma campanha para ajudar os homossexuais a desabafarem seus problemas, saírem da depressão por não terem com quem conversar dentro de casa. Eles podem ligar gratuitamente para o telefone 800 713 713 e conversar com pessoas que os entenderão.

Para divulgar a ideia, a prefeitura está usando cartazes, comerciais de televisão e anúncios publicitários. Na televisão, um rapaz aparece sentado à mesa com seus pais comendo em silêncio, mas seus olhos pedem ajuda. Pai e mãe se entreolham e o mal entendido continua sem solução.

Para finalizar, uma voz ao fundo diz: "Você é Gay? Se você não pode falar com eles, fale conosco. Gay Help Line lhe dá ouvidos". A iniciativa é da Prefeitura de Roma e realizada com o apoio da Província de Roma e da região do Lácio e da Saatchi & Saatchi.

Confira o vídeo da Gay Help Line:

fonte: MixBrasil

Ator Humphrey Bogart tinha medo de ser gay, diz livro

Jornalista afirma que maior astro do cinema não tinha certeza de sua heterossexualidade

Humphrey BogartO ator Humphrey Bogart, eleito o maior astro do cinema norte-americano de todos os tempos, tinha medo de ser gay. A afirmação é feita no livro "Humphrey Bogart: the Making of a Legend" (traduzível como "A Construção de uma Lenda"), que chega às lojas gringas em outubro. O autor é Darwin Porter, jornalista que trabalhou na Hollywood dos anos 60.

Ele diz se basear em memórias nunca publicadadas e depoimentos de atores que conviveram com Bogart para afirmar que o astro tinha dúvidas sobre a própria sexualidade, chegando a cogitar o suicídio por conta disso.

Protagonista em clássicos como "Casablanca" e "Uma Aventura na África", o ator teria começado a achar que poderia ser gay durante seu segundo casamento, com Mary Philips. De acordo com Darwin Porter, o compromisso não impediu que Mary mantivesse seus antigos affairs, chegando a passar a noite anterior a seu casamento com um amigo de Bogart, como um "presente de despedidas".

O primeiro casamento de Bogart, realizado dois anos antes com a também atriz Helen Menken também foi atribulado, segundo Porter. A moça teria casos com várias mulheres, chegando a dividir algumas com o marido. O terceiro casamento foi com Mayo Methot, que tinha problemas com bebidas alcoólicas. Convencida de que o marido pulava a cerca com Ingrid Bergman, ela teria esfaqueado Bogart após uma discussão.

fonte: MixBrasil

Canadá: Justiça suspende lei contra prostituição em província

Tribunal em Ontario disse que lei colocava profissionais em perigo; decisão pode iniciar efeito dominó.

Um tribunal no Canadá decidiu que ser cafetão, abrir um bordel ou lucrar com a prostituição não serão mais crimes na província de Ontário, no leste do país.

Os juízes da Corte Superior de Ontário - onde fica a mais populosa cidade canadense, Toronto, e a capital do país, Ottawa - derrubaram na terça-feira a lei antiprostituição, argumentando que ela colocava profissionais do sexo em perigo.

Foi justamente esse o argumento usado por três prostitutas que, em 2009, entraram com um recurso contra a lei, afirmando que eram obrigadas a buscar seus clientes nas ruas e, assim, a correr riscos.

A juíza Susan Himel, da Corte Superior, argumentou que as leis nacionais que proíbem os prostíbulos violam um artigo da Constituição que garante "o direito à vida, à liberdade e à segurança".

Ela citou diversos crimes contras prostitutas, incluindo o caso de um serial killer que as atacava prostitutas em Vancouver (cidade na costa oeste do Canadá) e o desaparecimento de várias mulheres na província de Alberta (centro-oeste canadense).

No Canadá,o ato de se prostituir em si não é ilegal, mas atividades associadas, como manter um prostíbulo, são consideradas contravenções.

Efeito dominó
Um "efeito dominó" de decisões judiciais semelhantes pode agora derrubar leis antiprostituição em todo o país, como ocorreu há alguns anos com a proibição contra o casamento gay.

A decisão judicial entra em vigor em 30 dias, a não ser que advogados do governo consigam adiar o prazo.

O governo canadense já afirmou que vai apelar da sentença.

De acordo com o jornal canadense "The Globe and Mail", o ministro da Justiça, Rob Nicholson, declarou que é prerrogativa do governo decidir sobre a melhor maneira de garantir a segurança das prostitutas e das regiões onde as trabalham.

A parlamentar Joy Smith, do Partido Conservador (o mesmo do primeiro-ministro, Stephen Harper), afirmou que a legalização é "chocante e alarmante" e fez um apelo para que as autoridades barrem a decisão.

Caso contrário, segundo ela, "o Estado fará o papel de cafetão do Canadá, e não podemos deixar que isso aconteça".

Segundo ela, o risco é de o Canadá se tornar um paraíso do tráfico humano, e estudos provam que onde a prostituição é legalizada há uma expansão desse tipo de tráfico.

fonte: G1

Episódio de ‘Glee’ sobre Britney Spears bate recorde de audiência

Programa exibido na terça-feira foi visto por 13,3 milhões de americanos. Artista pop elogiou a homenagem feita pela série em seu Twitter.

glee britneyO episódio de "Glee" que foi exibido nesta terça-feira (28), nos Estados Unidos, foi o maior da história da série musical, segundo o site The Hollywood Reporter. Com participação especial de Britney Spears, o programa inteiro foi dedicado à cantora: os atores reproduziram alguns dos principais videoclipes da artista, como "Toxic", "Baby one more time", "I'm slave 4 u" e "Stronger".

Um total de 13,3 milhões de americanos assistiram ao episódio ao vivo, na Fox, o que deu à produção 5.8 pontos. Foi um aumento de 4% em relação à audiência de estreia do segundo ano da produção, na semana passada. Em sua 1ª temporada, "Glee"  teve especiais dedicados à Madonna e Lady Gaga.

Durante a exibição de "Glee", Britney fez questão de comentar o episódio em seu Twitter. Além de elogiar as performances dos atores Kevin McHale, Lea Michele e Heather Morris, a artista também brincou que tem medo da personagem Sue Sylvester, interpretada pela ganhadora do Emmy, Jane Lynch.

fonte: G1

Indonésia: Extremistas islâmicos boicotam festival gay

Um festival internacional de cinema gay, o Q!, foi alvo da ira de extremistas islâmicos.

Os protestantes gritaram palavras homofóbicas e ameaçavam queimar o espaço do festival caso as projeções não parassem.

Os organizadores do Q! já admitiram no entanto que algumas exibições foram canceladas.

O objetivo do festival é sensibilizar a Indonésia quanto as questões que envolvem acomunidade LGBT. No país, que concentra grande número de muçulmanos, são comuns ataques contra homossexuais.

O Q! começou na semana passada e deve terminar nesta quarta-feira (29).

fonte: Cena G

Glória Pires será arquiteta lésbica em novo filme

Atriz será Lota Soares, que namorou Elizabeth Bishop e construiu Aterro do Flamengo

Glória PiresO filme "A Arte de Perder", de Bruno Barreto, terá Glória Pires na pele de uma arquiteta lésbica. A atriz será Lota Soares, que idealizou e construiu o Aterro do Flamengo, hoje um dos símbolos da capital fluminense.

A história de amor entre Lota e a poetisa norte-americana Elizabeth Bishop será retratado na trama, mas a atriz que será par de Glória Pires ainda não foi definida. O longa começa a ser rodado no segundo semestre de 2011 com cenas no Rio, Petrópolis, Veneza e Nova York.

Lota Soares, que morreu dias depois de tentar o suicídio em 1967, completaria 100 anos em 2010.

fonte: MixBrasil

Prefeitura do Rio firma acordo com operadora de turismo gay

Antonio Pedro Figueira de MelloA Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou esta semana que firmou parceria com uma operadora de turismo gay. O convênio com a Gay Travel Brasil vai possibilitar que servidores ativos, inativos e pensionistas da administração direta e indireta da Prefeitura, além de seus dependentes e netos, tenham acesso a produtos e serviços em condições especiais.

A iniciativa reforça a imagem do Rio de Janeiro como importante destino turístico LGBT, segundo Heitor Ferreira Filho, diretor da Gay Travel Brasil. Para ele, a parceria mostra que a cidade se preocupa em oferecer a seus cidadãos LGBT produtos e serviços específicos que, de quebra, acabam atraindo turistas de todo o mundo.

O secretário de Turismo e presidente da Riotur, Antonio Pedro Figueira de Mello, também comentou a novidade: "O acordo firmado entre a Prefeitura do Rio de Janeiro e a operadora de turismo Gay Travel Brasil comprova nosso respeito e reconhecimento pela diversidade dos funcionários da Prefeitura, assim como por todos os turistas LGBT que visitam nossa cidade e que elegeram o Rio como sendo o melhor destino gay do mundo".

fonte: MixBrasil

Televisão americana está ficando mais aberta aos gays

A protagonista de "The Good Wife" vai ganhar um irmão gay; o novo seriado para teens "Hellcats" tem uma personagem que é líder de torcida e lésbica, e, no caso de "True Blood", os espectadores já precisam das duas mãos para contar os vampiros dispostos a sugar o sangue de homens ou mulheres.

O número de personagens lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT) vistos no horário nobre da televisão americana vem crescendo, disse a Aliança Gay e Lésbica Contra a Difamação (GLAAD) em relatório na quarta-feira, com 58 papéis LGBT constantes em seriados da TV aberta e a cabo nesta temporada.

A GLAAD disse que 23 personagens LGBT representam 3,9 por cento dos personagens regulares em programas com roteiro exibidos na TV aberta, como as comédias premiadas com o Emmy "Modern Family" e "Glee", na temporada 2010-2011 da televisão americana, que começou na semana passada.

Nos canais a cabo para o grande público, o número de personagens LBGT regulares saltou de 25 no ano passado para 35, e o drama surreal sobre vampiros "True Blood", da HBO, é o mais inclusivo da televisão, com seis personagens recorrentes que são gays, lésbicas, bissexuais ou transgêneros.

Há 32 outros papéis LBGT recorrentes em programas de TV aberta e a cabo, mas a GLAAD lamentou a ausência de personagens LBGT negros em comédias ou dramas da televisão aberta.

O presidente da GLAAD, Jarrett Barrios, disse que o aumento no número de personagens gays e lésbicas na TV reflete "a mudança na cultura americana em direção a uma consciência e compreensão maior de nossa comunidade".

"Modern Family", da ABC, recebeu o Emmy de melhor seriado cômico e outro Emmy por um ator que representa um dos homens de um casal gay que tem um bebê adotado. A popular comédia musical "Glee", da Fox, ganhou o Emmy de melhor direção e tem um elenco eclético que inclui um teen gay e uma estudante cantora criada por dois homens.

O relatório divulgado na quarta-feira é o 15 estudo anual "Onde Estamos na TV" feito pela GLAAD, que faz campanha para que pessoas e eventos gays, lésbicas, transgêneros e bissexuais sejam retratados de maneira inclusiva e realista na mídia americana.

fonte: O Globo

Gay em novela da Globo, Sergio Abreu é um dos destaque de "A Fazenda 3"

O ator Sergio Abreu, 35, começou a carreira no teatro infantil e publicidade.

Sergio AbreuNa televisão, estreou em "O Campeão", da Band. Após papel na malfadada "Brida", da extinta Manchete, ganhou destaque com o personagem Beto, na novela juvenil "Malhação", da Globo.

Após sair da trama, participou de "Prova de Amor", na Record, mas em seguida voltou à Globo para interpretar o personagem Tiago Batista, que formava um casal com o personagem do ator Carlos Casagrande na novela "Paraíso Tropical".

O casal chamou a atenção pela forma natural com que eram mostrados na trama, embora não tenham protagonizado um beijo gay.

O ator mudou-se então para o SBT, onde protagonizou as novelas "Revelação" e "Vende-se um Véu de Noiva".

fonte: Folha.com

Pela primeira vez os gays não são marginais, afirma diretor de Elvis e Madona

Elvis e Madona 2Elvis e Madona foi premiado no Festival de Natal, exibido na Mostra de Tiradentes e elogiado em Gramado. Mas, sempre tem aquele gostinho especial quando um filme é exibido onde foi rodado, ainda mais quando fica claro o cenário para o espectador: Copacabana.

A comédia sobre a paixão de uma travesti, Madona (Igor Cotrim, de A Fazenda), por uma lésbica, Elvis (Simone Spoladore, de Insolação), terá sua exibição de gala na noite desta segunda-feira (27/09) no Festival do Rio. “Mesmo o filme tendo circulado bastante em festivais internacionais, esta exibição é muito especial”, afirma diretor Marcelo Laffitte ao Cineclick.

Estreante na direção de um longa-metragem, Laffite tem expectativas para a exibição de hoje. “Primeiro, pela grandeza e importância que o festival tem, e segundo por ser o Rio a cidade onde vivo e onde o filme nasceu. O terceiro motivo da expectativa, e que me dá aquele frio na barriga, é que cada público é diferente e eu estou muito ansioso para saber qual será a reação do carioca”.

Por onde o filme passou, até mesmo em Oslo, Noruega, cuja paisagem é bem diferente dos tipos de Copacabana, Elvis e Madona tem colecionado recepções calorosas. Mesmo que, à priori, essa inusitada história de amor, conduzida com um humor repleto de traços de Almodóvar, pudesse afastar o espectador.

Para Laffitte, a explicação para as recepções favoráveis ao filme é a identificação com o espectador. “É uma história de amor e de realizações de sonhos, e isto é universal. Todo mundo se apaixona, ama e sofre por amor; todo mundo tem projetos de vida que luta para realizar”. No filme, Elvira, ou Elvis, tenta ganhar a vida como fotógrafa, mas precisa fazer bicos como motogirl. Já Adailton, ou Madona, sobrevive como cabeleireira, mas sonha em fazer um grande show num teatro carioca.

Puxando a sardinha para seu lado, o diretor diz que “pela primeira vez no cinema brasileiro, os personagens que sempre foram mostrados como marginais, estão inseridos socialmente e vivem uma história como a de qualquer outro ser humano”.

Além de servir como locação, Copacabana é personagem fundamental para o desenvolvimento de Elvis e Madona. Será que o filme poderia se passar em outro lugar? “Não sei. Já fui sondado por um produtor de Los Angeles se poderia haver um remake nos EUA, e é claro que eu disse que sim. Mas ficamos pensando, sem chegar a nenhuma conclusão, em qual cidade norte-americana poderia ambientar esta história”.

Laffitte justifica o porquê da ambientação carioca. “Copacabana é o bairro mais plural do mundo, pois lá vivem pessoas vindas de todos os países do mundo e de todos os estados brasileiros. Ao mesmo tempo que é cosmopolita e fervilha 24 horas por dia, Copacabana é provinciana. Esta diversidade está no filme e na alma dos personagens. Se o cenário fosse outro, com certeza os temperos culturais seriam outros e haveria outro sabor”.

Elvis e Madona estreia nos cinemas em janeiro de 2011. “Pois é, foram 10 anos de trabalho desde a concepção da ideia até a primeira cópia 35mm”, lembra o diretor. Quem não estiver no Rio de Janeiro acompanhando o festival ainda terá de esperar mais um pouquinho para gargalhar com o filme.

fonte: CineClick

Revista on-line para portadores do vírus da AIDS é lançada no Brasil

A primeira edição da revista on-line Sense começa com o depoimento de um portador do vírus da AIDS: “Meu mundo se despedaçou quando descobri que era HIV positivo. Não sabia o que fazer, como lidar com isso, como seguir em frente.”

Organizada pela MSMGF, uma entidade internacional focada na população de homens que fazem sexo com homens, a revista, dedicada a quem vive com HIV, é multilíngue e está disponível em inglês, francês, português e espanhol.

A proposta é mostrar histórias sobre ativismo, superação individual, vida após o diagnóstico, bem-estar, auto-estima e relacionamento.

A Sense deseja receber relatos, artes e outros tipos de colaboração de soropositivos do Brasil para os próximos números.

site: http://www.msmgf.org/html/sense/issue1/portuguese/editorialpt.html

fonte: Cena G

Minas Gerais: Soldado do Exército é preso acusado de matar namorado

Polícia prendeu outro militar envolvido

soldado mineiroO relacionamento de um soldado do Exército, lotado no 14º Grupo de Artilharia de Campanha, com um contador acabou em tragédia, na cidade de Pouso Alegre, sul de Minas Gerais. O contador Dimas Bueno, 40, foi encontrado morto no chão do quarto da casa onde morava, na madruagada da terça-feira, 28.

A polícia prendeu dois soldados do Exército suspeitos de envolvimento no crime. Amigos do contador contaram à polícia, que ele era homossexual e mantinha um relacionamento com o militar.

De acordo com a polícia, o corpo do contador apresentava sinais de afundamento do crânio, escoriações no rosto e sinais de asfixia. O carro e a carteira dele foram levados.

"A vítima quis manter relação da forma ativa e daí veio o desentendimento" contou o delegado responsável pelo caso.

O corpo do contador foi encontrado por um amigo. Quando ele chegou na casa da vítima, que morava sozinho, encontrou tudo aberto, menos a porta do quarto e as luzes acesas. Ele então chamou a polícia.

O soldado que namorava com o contador e o outro militar envolvido têm 19 anos. Um deles confessou na delegacia, que agrediu o contador com um banco, o que teria causado a lesão na cabeça.

fonte: Toda Forma de Amor

Nany People estreia em “A Fazenda 3” dando bronca

Drag Nany People estreia na A Fazenda dando bronca nos peões

Nany People 3A terceira edição do reality show A Fazenda, exibido ontem, 28, pela Rede Record, começou com uma surpresa ao público. Isso porque os famosos já estavam confinados um dia antes da estréia, o que gerou dinamismo maior que nas edições anteriores. Para a comunidade gay, a drag Nany People, de 45 anos, promete vestir a camisa, mostrar sua personalidade além do humor, e fazer bonito.

Ao contrário de Dicesar, a drag Dimmy Kieer que participou do Big Brother Brasil 10, Nany não é duas personas em uma. Definindo-se transexual, ela já ostenta silicone nos seios, cabelos compridos e vive 24h com aparência feminina. A drag também ganhou o direito de se maquiar sempre que quiser e colocar suas perucas.

Na manhã de hoje, 29, mostrando sua personalidade forte, Nany já deu as primeiras broncas nos peões. “Quem deixou o fogão ligado? Vocês sabem que isso dá punição.” Depois reclamou com Monique Evans, que teria alagado o banheiro. Com a cabeça fria, ela perguntou ao jogador Viola se teria sido muito dura, mas ele a apoiou. “Você fez certo. Quando algo está errado nós temos de chamar atenção”, disse.

A presença de Nany People em um reality show é cogitado desde a Casa dos Artistas 2, quando Silvio Santos chamou a candidata para uma pré-seleção no palco (de mentirinha, afinal os candidatos já estavam escolhidos). Na época Nany disse: “Vocês vão dormir com a Nany e acordar com o Dunga”, brincou.

Agora ela terá que conviver com Sergio Mallandro, Geyse Arruda (a garota do vestido da Uniban), Mulher Melancia, titia Monique Evans, Sergio Abreu (que fez o gay da novela Paraíso Tropical), o cantor Tico Santa Cruz, entre outros.

fonte: MixBrasil

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Indianos pressionam Bollywood a cortar cenas de sexo gay em filme

Dunno Y... Na Jaane KyunDepois de descobrirem que cenas de sexo entre gays serão exibidas no filme Dunno Y... Na Jaane Kyun, críticos políticos e religiosos indianos estão solicitando que Bollywood (a maior indústria de cinema do país) determine a remoção de tais cenas do longa-metragem. Elas foram gravadas entre os atores Kapil Sharma e Yuvraaj Parasher.

A oposição às cenas de sexo não é nenhuma surpresa. Já havia sido um alvoroço quando do anúncio de que o filme teria um dos primeiros beijos gays do cinema indiano.

O filme foi submetido ao comitê de censura de Bollywood e seus produtores esperam que, apesar da pressão dos críticos, as cenas sejam mantidas.

fonte: Terra

GayVN 2010 Awards: Ator pornô brasileiro é premiado

Rafael Alencar foi eleito dono da melhor ejaculação em prêmio do pornô gay internacional

Rafael AlencarUm brasileiro foi premiado durante o GayVN 2010 Awards, prêmio que todos os anos elege os melhores do pornô gay. O paraibano Rafael Alencar recebeu o troféu de melhor ejaculação graças à sua performance em "Wall Street", da Lucas Entertainment. Dono de um dote impressionante, Alencar contracena na produção com gigantes da indústria. O super sarado Arpad Miklos é um deles.

Realizado em San Francisco, o GayVN 2010 escolheu o voraz Trevor Knight como melhor ativo e Matthew Rush como melhor versátil.  Destaque também para o pornstar Brent Corrigan (vencedor do prêmio de melhor passivo), o filme "Focus/ReFocus" e produtoras como a Channel 1 Releasing, da drag queen Chi Chi LaRue. E pela primeira vez o prêmio abriu espaço para que espectadores votassem em seus prediletos. Abaixo você confere a lista completa de vencedores:

Melhor ator
Logan McCree em The Visitor (Raging Stallion Studios)

Melhor cena de sexo
Tropical Adventure (Kristen BjornProductions)

Melhor lançamento alternativo
Men In Stockings (Lucas Entertainment)

Melhor lançamento amador
Brent Corrigan’s Big Easy (Prodigy Productions/Dirty Bird Pictures)

Melhor ejaculação
Rafael Alencar, em Wall Street (Lucas Entertainment)

Melhor diretor
Empate entre Chris Ward, Ben Leon e Tony DiMarco, por Focus/ReFocus (Raging Stallion Studios) e Joe Gage por Dad Takes a Fishing Trip (D/G Mutual Media).

Melhor cena de sexo em dupla
Tony Buff e Will Parker, em Folsom Flesh (TitanMen)

Melhor lançamento
Focus/ReFocus (Raging Stallion Studios)

Melhor lançamento em fetiche
Skuff 4 (Hot House)

Melhor cena de sexo grupal
Elenco de Black Balled 7: Jail Slammed (All Worlds Video)

Melhor lançamento em HD
Flux (Titan)

Melhor marketing
Bel Ami Entertainment

Melhor novato
Conner Habib

Melhor comédia sexual
Whorrey Potter and the Sorcerer’s Balls (Dominic Ford Features)

Melhor performance solo
Adam Killian em Taken: To the Lowest Level (Rascal)

Melhor ator coadjuvante
Steve Cruz em Focus/ReFocus (Raging Stallion Studios)

Melhor videografia
Ben Leon and Tony Di Marco, Focus/ReFocus (Raging Stallion Studios)

Melhor lançamento da web para DVD
Summer Recruits (Active Duty)

Melhor título para locação
Steven Daigle: XXXposed (Rascal Video)

Melhor título para venda
Men of Israel (Lucas Entertainment)

Performer do ano
Wilfried Knight

Categorias de internet:

Melhor programa para assinantes
Channel 1 Releasing

Melhor blog
TheSword.com

Melhor site específico
AthleticModelGuild.com (Conteúdo clássico)

Melhor show via webcam
Live & Raw (LiveAndRaw.com)

Melhor site de pornstar
BrentEverett.com

Melhor marketing em web
Channel 1 Releasing

Performance do ano na web
Brent Corrigan

Site do ano
RandyBlue.com

Categorias eleitas por fãs:

Melhor ativo
Trevor Knight

Melhor passivo
Brent Corrigan

Melhor versátil
Matthew Rush

Preferido dos fãs
Brent Everett

Personalidade do ano
Sister Roma

fonte: MixBrasil

Índia: Ator é deserdado e expulso de casa por fazer personagem gay em filme

Yuvraaj ParasherEstamos em 2010. Mas na Índia, o ator Yuvraaj Parasher foi expulso de casa e deserdado por sua família, simplesmente por ter estrelado um filme gay - "Dunno Y... Na Jaane Kyun" -, considerado o "Brokeback Mountain" de Bollywood.

Segundo o site da revista gay norte-americana "Advocate", o filme mostrou o primeiro beijo entre dois homens na história da indústria cinematográfica indiana - a maior do mundo. Apesar de Bollywood ser mais fértil que Hollywood, a temática gay masculina nunca havia sido tratada nos filmes.

Yuvraaj interpretou um personagem gay no filme, e seus pais não só o expulsaram de casa, como foram aos tribunais pedir que o filho seja oficialmente desmembrado da família.

"A mãe dele está devastada", afirmou o pai do ator. "Somos uma família respeitada e estou chocado que ele tenha interpretado um personagem gay. Está tudo acabado. Todos os sonhos e esperanças que tínhamos construído para ele estão terminados. Por causa apenas de um personagem de filme, ele perdeu seus laços de sangue. Não queremos ver o rosto dele jamais, nem quando estivermos morrendo".

Detalhe: segundo consta, os pais não se lembraram de perguntar ao filho se ele é gay na vida real. Estamos em 2010.

fonte: A Capa

Cristiana Oliveira será lésbica em próxima novela da Globo

Atriz volta à TV como detenta lésbica

Cristiana OliveiraA atriz Cristiana Oliveira volta à TV na pele de uma personagem lésbica: Araci, uma detenta barra pesada ficará presa na mesma prisão que a personagem de Glória Pires na próxima novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, “Insensato Coração”.

Em seu blog, Cristiana contou que Araci é uma mulher forte e sem vaidade, por isso, resolveu aumentar os números da balança de 63kg para 73kg.

“Não posso ficar magra porque as pessoas engordam muito na cadeia. Por isso, eu, que não comia doce, agora estou comendo. Sai da minha dieta totalmente, o que faz muita diferença porque sempre cuidei muita da minha alimentação”, disse Cristiana à colunista Patrícia Kogut.

Para compor a personagem, a atriz chegou a passar dias em penitenciárias de Bangu, Zona Oeste do Rio. “Cheguei a ficar algumas horas numa solitária para ver como era. Esse laboratório está sendo a experiência mais humana da minha vida”, contou.

Com o desejo de ficar com os braços mais sarados, Cristiana também está pegando pesado na malhação. “Elas [detentas] também são muito fortes, malham usando garrafas de areia. Quero fazer a personagem da maneira mais realista possível”.

Para isso, a atriz até topou tatuar o corpo inteiro – com tatuagem removível, claro – e trançar os cabelos.  “Vou ficar muito feia”, adianta.

O último trabalho de Cristiana Oliveira na TV foi em 2009, na novela “Paraíso”, de Benedito Rui Barbosa.

fonte: Dykerama

Genes que determinam o sexo masculino estão em extinção

geneticaA pesquisadora de cromossomos sexuais Jennifer Graves, da Universidade Nacional da Austrália, disse que o cromossomo Y - responsável pela determinação do sexo no homem - está morrendo e deve desaparecer nos próximos cinco milhões de anos.

Ela explicou que os homens poderão seguir o mesmo caminho de um tipo de roedor que ainda consegue se reproduzir apesar de não ter os genes vitais que fazem parte do cromossomo Y, revelou o jornal inglês Telegraph.

Em uma palestra para estudantes de medicina na Escola Real de Cirurgiões da Irlanda, a pesquisadora contou que uma segunda espécie de seres humanos poderia surgir no futuro.

- Há três milhões de anos, o cromossomo Y tinha cerca de 1.400 genes, mas hoje só restaram 45 deles. A essa velocidade, ficaremos sem genes nesse cromossomo daqui a cinco milhões de anos. Segundo ela, o cromossomo Y “está morrendo e a grande questão é o que acontecerá depois".

O cromossomo Y do homem tem um gene (SRY) que aciona o desenvolvimento dos testículos e bombeia os hormônios que determinam a masculinidade.

Em sua palestra, chamada O Declínio e a Queda do Cromossomo Y e o Futuro do Homem, Jennifer discutiu o desaparecimento do cromossomo e as implicações para o ser humano. Ela disse que ainda não se sabe o que vai acontecer quando o cromossomo Y sumir totalmente.

- Os seres humanos não podem se reproduzir de forma assexuada, como os lagartos, porque vários genes vitais vêm do gênero masculino.

A cientista disse que a boa notícia é que algumas espécies de roedores – como algumas ratazanas da Europa do leste e ratos do Japão – não possuem nem cromossomo Y nem o gene SRY.

Como existem muitos machos desses dois tipos de roedores por aí, os pesquisadores dizem que algum outro gene deve estar fazendo o trabalho, e eles querem saber que gene é esse.

fonte: G Online

Rússia: Presidente demite prefeito homofóbico de Moscou

Yuri LuzhkovO presidente da Rússia, Dmitry Medvedev demitou esta semana Yuri Luzhkov, prefeito homofóbico de Moscou.

Luzhkov, que proibiu a Parada Gay na cidade e disse que os homossexuais são "satânicos", vem tentando permanecer no cargo nas últimas semanas. De acordo com um decreto presidencial, o prefeito, de 74 anos, foi demitido porque perdeu "a confiança do presidente da Federação Russa".

O prefeito de Moscou, que está no cargo desde 1992, não quis comentar a decisão. A demissão de Luzhkov pode ter sido ainda motivada por corrupção e desvio de verbas públicas.

fonte: A Capa

Estados Unidos: Arnold Schwarzenegger veta lei favorável a presos LGBT

Governador da Califórnia rejeitou projeto que protegeria LGBT vítimas de agressão em presídios

Arnold SchwarzeneggerO governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, vetou na última segunda-feira, 27, um projeto de lei que protegeria detentos LGBT. Como justificativa o governador alegou apenas que o texto era muito similar a um outro vetado por ele em 2009.

Apoiado tanto pelos republicanos quanto pelos democratas, o Ato de Defesa do Prisioneiro Gay, Lésbica, Bissexual e Transgênero estabeleceria diretrizes nacionais para segurança dos detentos homossexuais, prevenindo atos de violência contra essa parcela da população carcerária e garantindo o acesso à mesma proteção dada a outros internos.

Segundo Geoff Kors, do Equality California, o veto não impedirá os esforços para aprovação do projeto. "Apesar deste revés vamos continuar a trabalhar por uma reforma administrativa e seguir com a parceria com o deputado Tom Ammiano (autor da lei) para que o projeto seja reapresentado em 2011, quando tivermos um novo governador".

De acordo com um estudo feito pela Universidade da Califórnia, 69% dos detentos transgêneros são alvos de violência sexual dentro da cadeia.

fonte: MixBrasil

China detém mais de 200 homossexuais em ponto de encontro

Gays ainda não tem boa imagem para o governo e são considerados um coletivo discriminado

A polícia chinesa deteve durante várias horas mais de 200 homossexuais que estavam no principal local de encontro gay ao ar livre de Pequim, sem divulgar as razões da ação, informou nesta terça-feira, 28, o jornal Global Times.

A batida aconteceu na noite do último domingo, em Mudanyuan, para onde se deslocaram 20 veículos policiais, incluindo equipes de agentes com armas e táticas especiais, segundo uma vendedora de jornais que trabalha na região.

O porta-voz do Birô de Segurança Pública de Pequim, Zi Xiangdong, disse que a operação faz parte da inspeção anual de segurança que acontece antes de celebração do Dia Nacional na China, 1º de outubro, sem especificar as razões das detenções.

Na China, os homossexuais foram considerados doentes mentais até 2001 e, apesar da abertura social, ainda não têm boa imagem para o governo e são um coletivo discriminado.

Segundo comentários de frequentadores de Mudanyuan em sites e fóruns da internet, os detidos foram levados a uma delegacia onde tiveram que mostrar suas carteiras de identidade, passaram por exames de sangue e deixaram impressões digitais e fotos. Os detidos foram liberados em seguida.

Contatado, o Birô de Segurança de Pequim ainda não se pronunciou sobre as detenções.

fonte: Estadão

Estudantes gays são vítimas de homofobia no alojamento da UFRJ

Flavio SilvaHá 20 dias o estudante de Serviço Social Flavio Silva anda acuado no alojamento da UFRJ onde mora, no campus do Fundão. Flavio conta que, no dia 9 de setembro, ele e outros militantes foram vítimas de um ato homofóbico, quando afixavam cartazes e panfletos nos corredores sobre um evento justamente contra opressões. Segundo ele, um universitário vizinho se incomodou com a foto de um beijo entre dois homens no cartaz, arrancou os panfletos e os queimou sob os gritos de "Eu já sou obrigado a conviver com um viado morando em frente, e ainda colam coisas de viado na minha porta!".

Uma amiga de Flavio que pediu para não ser identificada, com medo de retaliações, registrou a ocorrência como injúria na Delegacia da Mulher. O caso chegou ao conhecimento do Conselho de Ensino de Graduação (CEG) da UFRJ, mas, mesmo assim, Flavio continua a ser ameaçado:

- Ele diz para eu tomar cuidado, pois os oito caras mais fortes do alojamento estão do lado dele. Me sinto ameaçado, pois ele pode me encontrar e me agredir. No corredor, não tem segurança. Chego a ficar sem forças. Fui atingido na minha moral. E não foi um fato isolado. Isso podia acontecer com qualquer pessoa - lamenta o estudante.

Delano de SouzaE já aconteceu algo parecido com o estudante de Letras Delano de Souza. Segundo ele, em abril, o aluno de Matemática Thiago José da Silva Barbosa de Paula tentou arrombar a porta do seu quarto e entrou aos berros de "Viado filho da puta, eu vou te matar!", devido a um problema em seu ar-condicionado. Delano prestou queixa na 37ª DP (Ilha do Governador), os dois foram chamados para uma audiência de conciliação, mas não houve entendimento.

Em agosto, o acusado aceitou pagar R$ 300 ao Instituto Nacional do Câncer como transação penal estipulada pelo MP para arquivar o processo, mas só pagou metade. No dia 14 de setembro, a Justiça expediu intimação pedindo que ele comprovasse o pagamento da outra metade. A Megazine entrou em contato com Thiago, mas ele não quis se pronunciar sobre o caso.

- De início, ele me tratava bem, mas, quando ficou sabendo que eu era gay, falou que não era obrigado a ter amizade com viado. Desde esse dia, passou a me perseguir. Uma vez, me deu um tapa, mas os seguranças impediram a briga - conta Delano. - Não aceitei a conciliação por medo de ele fazer alguma coisa pelas minhas costas. Mesmo com o processo, ele continua me perseguindo, me intimidando e acuando. Não quero ganhar dinheiro dele. Só quero distância.

Mesmo procurando evitar a proximidade quase inevitável do quarto ao lado, recentemente Delano foi vítima de outro ato questionável, desta vez de autoria desconhecida: no corredor de seu andar arrancaram a decoração do cenário que havia montado para filmar um programa voltado para o público gay no YouTube.

- Foram aqueles trogloditas que chegaram bêbados e arrancaram - ele suspeita.

cartaz filmeRepresentante discente no CEG, a estudante de Serviço Social Deise Pimenta acredita que não se trata de fatos isolados. Responsável por levar a moção de repúdio à homofobia escrita pelo amigo Flavio a uma reunião do conselho, ela conta que já ouviu outras histórias de violência no alojamento.

- Já me contaram que um menino gay bateu por engano na porta de outro, que lhe quebrou o braço. Não queremos que volte à época da segregação no alojamento - diz Deise.

Ela se refere ao tempo em que a ala masculina era dividida em Caverna do Dragão, onde ficavam os homofóbicos, e Castelo de Cristal, parte que abrigava os homossexuais. As pichações estão na parede até hoje, mas Vera Lucia Aguiar, diretora do alojamento há 18 anos, diz desconhecer qualquer caso de homofobia no local.

- Quando entrei no alojamento, essas pichações já existiam. À minha sala nunca chegou nenhuma reclamação sobre homofobia feita por aluno. Tomei conhecimento deste último caso pelo CEG e vou conversar com os estudantes envolvidos- promete Vera.

homofobia alojamentoJá Rosélia Magalhães, diretora substituta da Divisão de Assistência Estudantil (DAE), reconhece as limitações em relação ao controle sobre os 504 quartos (metade para homens e metade para mulheres) do alojamento. Ela também tomou conhecimento do caso pela moção de repúdio apresentada ao CEG.

- Estou muito pouco dentro do alojamento para saber quantos casos acontecem, mas acredito que não seja algo isolado, porque isso acontece todos os dias dentro e fora da faculdade. Temos que tomar alguma atitude dentro do espaço universitário. Não existe um regimento do alojamento que preveja punições para essas situações, mas temos um grupo de trabalho estudando isso - diz Rosélia.

Responsável pela seleção, permanência, renovação e saída dos moradores do alojamento, ela afirma que seria preciso que o caso chegasse a instâncias superiores na universidade para que houvesse alguma punição. Belkiss Valdman, pró-reitora de graduação, explica que precisa de um documento formal que aponte os acusados para abrir uma sindicância e apurar o ato:

- Esse foi o primeiro episódio de homofobia em três anos que estou aqui. Não admitimos qualquer intolerância ou discriminação, e, se houver fatos, a diretoria vai chamar a atenção.

fonte: O Globo

Natalie Portman e Mila Kunis ficam bêbadas para cena lésbica

Nervosas para cena lésbica, Natalie Portman e Mila Kunis bebem garrafa de tequila

Natalie Portman e Mila KunisPara protagonizarem um beijo lésbico para o esperado “Black Swan”, previsto para 1 de dezembro nos Estados Unidos, as atrizes Natalie Portman e Mila Kunis beberam uma garrafa de tequila.

Quem deu a informação foi o realizador do filme, Darrem Aronofsky. Ao site da revista The Hollywood Repórter, ele contou que as atrizes estavam nervosas e que só conseguiram descontrair-se graças ao álcool.

“Black Swan é um filme de extremos. Está cheio de situações limite, como esse beijo. Mas não se trata de uma cena explícita, de forma alguma”, disse Portman ao site MTV News”.

Já Mila disse que a cena mexe com o público hétero, principalmente por Natalie ser o sonho de qualquer rapaz. “Todo o burburinho à volta deste assunto não faz muito sentido, mas entendo por que as pessoas lhe dão tanta importância.”

O filme conta a história de rivalidade entre duas bailarinas de uma companhia de dança, em Nova York.

fonte: MixBrasil

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Murilo Rosa: “Tenho vontade de fazer um travesti”

Ator é domador de cavalos em nova novela

Murilo RosaBonito, másculo e desejado. O ator Murilo Rosa revelou que quer desafiar esse esteriótipo e interpretar um travesti em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo". "Tenho vontade de fazer um travesti. Na hora que alguém tiver um roteiro sobre a história de um travesti, me chame" disse o ator. E explicou: "O ator é representante, na prática, das possibilidades humanas".

fonte: Toda Forma de Amor

Mariah Carey cai durante show em Singapura

A cantora Mariah Carey perdeu o equilíbrio e caiu durante um show em Singapura por conta do circuito de Fórmula 1. Visivelmente ainda mais gorda do que quando esteve no Brasil, a cantora nega todos os rumores de que esteja grávida. Ao perder o rebolado, Mariah foi apoiada pelos bailarinos e continuou cantando depois do sinal de que estava tudo bem.

fonte: Toda Forma de Amor

Darren Criss será o namorado de Kurt em "Glee"

Everett Darren Criss 2O ator e cantor Darren Criss foi confirmado esta semana para interpretar o namorado de Kurt Hummel (Chris Colfer) na série "Glee".

De acordo com o site "E! online", Everett viverá Blaine, estudante do coral Dalton Academy Warblers, rival do Glee Club.

A carreira de Darren Criss é relativamente nova. Na TV, o ator participou este ano da série "Cold Case", mas ele ficou mesmo conhecido por ter integrado o elenco de "A Very Potter Musical", musical inspirado na saga Harry Potter.

Britney Spears
Após Madonna e Lady Gaga, Britney Spears será mais uma diva homenageada em "Glee". No episódio que vai ao ar nesta terça-feira (28), na Fox norte-americana, os alunos do coral interpretam várias músicas da cantora, como "Toxic" e "Hit me baby one more time".

fonte: A Capa

Turquia: Novela exibe cena com casal gay na cama

Certo rebuliço acontece na Turquia. A novela de TV "Day of Sword" exibiu uma cena que mostra um casal gay na cama. O episódio já rende protestos de alguns setores da sociedade turca, que considera a cena "indecente".

"Day of Sword" conta a história de um rapaz e sua luta contra uma corporação gigante, uma empresa diabólica e seus agregados. O filho caçula do dono da tal corporação é gay, e foi incluído no pacote de "diabólicos" da história. O ator Serdar Yegin interpreta o filho gay.

Esta foi a primeira vez que uma cena gay foi exibida na TV turca. Apesar do escândalo, a sequência não tem nada de mais: dura poucos segundos e não tem beijo nem sexo - apenas os dois homens em um momento matinal.

O mais surpreendente para muita gente é que a novela é transmitida por um canal conservador, que apoia o governo local.

Confira a cena a seguir:

fonte: A Capa

Outros homens afirmam que fizeram sexo com John Travolta

john-travolta-823aHá menos de um mês, um jornal disse ter provas de que o ator John Travolta teria feito sexo com um homem.

Segundo o tablóide, desde que a notícia foi publicada, outros seis homens procuraram o jornal dizendo que também tiveram encontros íntimos com o ator em saunas, spas e outros locais do gênero.

Amigos de John Travolta disseram que a esposa dele, Kelly, que está grávida, está arrasada com as revelações. Mas, enquanto isso, Robert Randolph, responsável por dar publicidade aos casos, confirmou que está preparando um livro para contar tudo nos mínimos detalhes.

fonte: Cena G

George Michael pode se matar na prisão, diz polícia

Polícia emite alerta dizendo que George Michael pode se matar se continuar preso

george michael 2Há poucos dias atrás das grades, o cantor George Michael já ganhou atenção especial da polícia. Segundo o tablóide britânico “The Sun”, um alerta teria sido emitido pelas autoridades policiais sobre uma possível tentativa de suicídio de Michael dentro da prisão.

"Se ele disse que não se sente capaz de superar os dias na prisão e deu sinais de colapso mental, então a polícia emite um alerte de risco de dano ao próprio e suicídio imediatamente", disse uma fonte ao “The Sun”.

O alerta foi dado ao juiz responsável pelo caso levando em conta as declarações do próprio cantor de que não estava aguentando a pressão na prisão. George foi preso por dirigir sob efeito de maconha. Ele está sendo acompanhado por médicos.

fonte: MixBrasil

Travesti é destaque em quadro do programa Silvio Santos

Quadro do programa Silvio Santos dá destaque para travesti

silvio santos e travestiO quadro “Nada além de 1 minuto”, do programa Silvio Santos, contou com a presença e destaque de uma travesti. Durante seis semanas, a trans Angel passou por provas rápidas, como jogar três bolas ao chão e apanhá-las com um chapéu durante um minuto, que valiam premiação em dinheiro.

Sem dizer que Angel é na verdade uma travesti, Silvio brincava: “Essa mulher tem um segredo, um pequeno segredo. E dá uma audiência maior que a Ivete Sangalo. É incrível como a audiência sobe quando ela está aqui.”

Angel levou o namorado Tiago para fazer sua torcida, que comentava a atuação da amada. Apesar da torcida, ela não conseguiu levar a premiação de 100 mil reais no último domingo, 26.
Após não conseguiu completar a Prova Pastilhas no Canudo, Silvio reclamou: “Agora perdemos audiência, que pena.” Como prêmio de consolação, Angel levou R$200 para a casa.

fonte: MixBrasil

Minas Gerais: Travesti é morta com quatro tiros em Belo Horizonte

Em Belo Horizonte, travesti é morta na madrugada com quatro tiros à queima roupa

A Polícia Civil de Belo Horizonte está procurando os suspeitos de terem matado, na madrugada desta segunda-feira, 27, uma travesti com quatro tiros à queima roupa. Ela estava parada no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Maranhão.

A travesti, ainda não identificada, foi surpreendida por dois rapazes em uma moto de cor preta, segundo contaram testemunhas. Ninguém ainda foi preso e a Policia Militar não sabe qual foi o motivo do crime.

fonte: MixBrasil

Filme sobre hermafrodita vence Festival Gay de Lisboa

El Último Verano de la Boyita vence Festival de Cinema Gay e Lésbico de Lisboa

El Ultimo Verano de la BoyitaConsiderado um “exemplo de empatia e solidariedade, combinando beleza e crueldade”, o filme argentino El Último Verano de la Boyita, venceu, na noite de sábado, 25, o 14º Festival de Cinema Gay e Lésbico de Lisboa, na categoria melhor longa-metragem.

O filme, dirigido por Julia Solomonoff, conta a história de amizade entre uma jovem curiosa e um hermafrodita e agradou o júri, composto pela atriz Rita Balco e pelo escritor José Luís Peixoto.

Na cerimônia, o filme Open ganhou menção honrosa, pela “autêntica, ousada e comovente representação da vida e amor queer, desafiando os conceitos de gênero e identidade.”

Os prêmios de melhor ator e atriz foram para Lucas Ferraro (filme Plan B, de Marco Berger) e para as três atrizes do filme “El Último Verano de La Boyita”: Guadalupe Alonso, Mirella Pascoal e Nicolas Treise. A decisão de premiar três atrizes baseia-se na “leveza com que encarnam os três complexos papéis.”

O júri também foi formado pela realizadora Veronika Minder, Rui Pedro Tendinha, jornalista de cinema, e Adília Godinho, jornalista da RTP.

fonte: MixBrasil

Fotos mostram Lindsay Lohan usando drogas e beijando Paris Hilton

Imagens da atriz teriam sido feitas em 2007

lindsay lohan parisO site News of The World divulgou neste domingo (26) fotos que seriam de Lindsay Lohan, supostamente se preparando para usar heroína e beijando a socialite Paris Hilton na boca.

Em uma das imagens, ela aparece agachada em um canto escuro, com uma seringa em mãos e braço esticado, pronto para receber a injeção da droga. A foto do beijo parece, segundo o site, ter sido feita durante uma festa em Hollywood.

O site não informa como obteve as fotos, mas cita declarações de uma fonte, que informa acreditar terem as fotos sido feitas em 2007, mesmo ano em que Lindsay foi detida dirigindo embriagada - infração pela qual até hoje ela responde e que a levou à prisão, pela segunda vez, na sexta-feira (24).

A fonte diz ainda que ninguém sabe ao certo a frequência com que a atriz usa drogas, nem quais drogas exatamente ela usa. Fato é que ela própria já informou a dependência, dizendo-se uma doente que está tentando se recuperar.

Lindsay teve a liberdade condicional revogada ao ser reprovada em testes de uso de drogas. Acabou livre no sábado (25) ao pagar fiança no valor de US$ 300 mil. A próxima audiência com o juiz será em 22 de outubro.

fonte: Terra

sábado, 25 de setembro de 2010

Espanha: Bissexuais têm até movimento organizado

Existe até dia da visibilidade bissexual

bissexualcampanhaespanhaPessoas que fazem sexo com homens e mulheres tem, na Espanha, um movimento ogranizado com direito a Dia da Bissexualidade, manifesto e uma espécie de Parada Bissexual.

Esse movimento é comandado pela Associação de Lésbicas, Gays, Trans, Bisexuais das Universidades Politénica e Complutense de Madri e da Universidade de Alcalá de Henares cuja sigla em espanhol é ARCÓPOLI.

O último dia 23 de setembro foi o Dia da Visibilidade Bissexual e centenas de pessoas se reuniram na Puerta del Sol, em Madri, atendendo ao chamado da organização.

Para convocar os participantes, foi lançada uma campanha na qual três modelos aparecem nus no cartaz cobrindo o sexo com uma almofada.

Durante o ato a bandeira do movimento ocupou lugar de destaque e os problemas enfrentados pelas pessoas com orientação bissexual foram debatidos. Por fim, foi feita a leitura do manifesto bissexual.

fonte: Toda Forma de Amor

Amazonas: Capital se prepara para receber 10ª Parada do Orgulho Gay

gays-parada-manausA capital amazonense se prepara para receber a 10ª Parada do Orgulho Gay, que este ano traz o tema: “Amar, Viver e Votar pela cidadania do LGBT (Lésbicas, Gays, Bixessuais, Travestis e Transexuais)”. O evento acontece neste domingo (26), a partir das 18h, no Sambódromo. A entrada é gratuita.

Para animar a festa, os organizadores do evento planejaram três ambientes com diferentes opções musicais. Nas tendas, os DJ´s oficiais Lê Araújo e Luiz Fernando tocam a Parada, inspirando as performances de drag queens e gogo boys. No palco, o cantor Tuãn e sua banda, Impacto e Júnior e banda.

No entanto, a festa no Sambódromo é o fim das comemorações pelo Orgulho LGBT. Na tarde de sexta-feira (24), os organizadores da Parada fizeram uma passeata no centro de Manaus para divulgação do evento e a distribuição de cinco mil preservativos.

De acordo com Bruna La Close, que é presidente da Associação Amazonense de Gays, Lésbicas e Travestis (AAGLT), a programação serve para quebrar o preconceito e promover a tolerância. “É uma oportunidade para mostrar que, apesar das diferenças, todos são parecidos, e que a luta em busca de igualdade está apenas no começo”.

O primeiro sinal de empatia veio durante a passeata. “Reunimos um grande número de curiosos, que aprovaram e aplaudiram o movimento. Isso mostra que Manaus está no caminho certo na luta contra a homofobia. E neste domingo, a cidade vai virar um arco-íris”, declarou Bruna.(DO)

fonte: Portal Amazônia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...